Free Hosting

Free Web Hosting with PHP, MySQL, Apache, FTP and more.
Get your Free SubDOMAIN you.6te.net or you.eu5.org or...
Create your account NOW at http://www.freewebhostingarea.com.

Cheap Domains

Cheap Domains
starting at $2.99/year

check



Biografia de Anahí Giovanna Puente Portilla
Anahí Giovanna Puente Portilla nasceu no dia 14 de maio de 1983 na Cidade do México, capital do méxico. Mas conhecida como Anahí, além de cantora também se caracteriza por ser compositora, dançarina, atriz, estilista e empresária mexicana. Seus pais são Marichelo Portilla e o escritor Enrique Puente. Sendo a mais nova entre duas irmãs chamadas Marichelo que também foi atriz e atuou ao seu lado em “Chiquilladas” e Diana Puente, do primeiro casamento de seu pai. A origem do nome tão incomum é desconhecida. Seus pais disseram a ela que o nome Anahí, cuja pronúncia real é “anaí”, era o nome de uma princesa que morreu de amor e virou uma linda flor.

Aos 2 anos de idade, Anahí começou a sua carreira artística quando foi convidada para participar do seriado infantil chamado “Chiquilladas” dirigido por César (“El Pollo”) González na Televisa, principal cadeia televisiva do México. Tudo começou quando Anahí acompanhava sua irmã Marichelo aos estúdios de gravações do seriado e se jogou em frente as câmeras de gravações e começou a cantar e dançar, mostrando para todos o quanto tinha talento. Obteve seu espaço no programa durante 8 anos que foi ao ar de 1982 até 1993 nos finais de semana.

“Ela (Marichelo) estava no programa, e me levaram apenas para assistir a uma das gravações, mas então peguei uma escova de cabelo, fiz de microfone e comecei a cantar, me meti por completo nas gravações do programa, e nele acabei ficando”, contou Anahí.

Neste mesmo ano, Anahí aparecia em um comercial para uma campanha chamada “Cuente Hasta Diez” pela Televisa, onde atuou como uma menina pequena que quebrava diversos pratos e deixava sua mãe louca.


Anahí, com menos de 10 anos de idade recebeu da Academia de Artes e Ciencias Cinematográficas do México o Prêmio Ariel, por sua carreira artistica infantil. Realizada no México, é uma das premiações mais importantes do cinema mexicano.

Ainda criança, em 1989 quando ainda estava no seriado “Chiquilladas”, Anahí estrelou no cinema em filmes como “Había una vez una estrella” interpretando a doce personagem María Juana ao lado de David Reynoso e Pedro Fernández e no filme “Asesinato A Sangre Fria”, como ela mesma.

Dois ano mais tarde em 1991 atuou no filme “Nacidos Para Morir” ao lado de Humberto Zurita.

Em 1992 Anahí começou a estrelar em pequenos papeis em novelas de grande reconhecimento como “Angeles Sin Paraiso” onde interpretou a personagem Claudia. Ainda em 1992 Anahí atuou no filme “El ganador” como Mariana Sant novamente ao lado de David Reynoso e no filme “Ayudame Compadre”.

Mas tarde em 1993 Anahí deu inicio a sua carreira musical lançando seu primeiro single “Te Doy Un Besito”. Seu primeiro álbum chamado simplesmente “Anahí” também lançado em março 1993 contém 12 músicas inéditas. O álbum foi considerado um EP por não ter vídeoclips dos singles principais. Para promocionar o álbum, Anahí excurcionou durante 5 semanas com o circo chamado Atayde Hermanos. O súcesso de “Te Doy un Besito” serviu para fechar diariamente a programação infantil do Canal 5 da Televisa onde Anahí conseguiu destacar-se rapidamente por sua carreira musical.


E cada vez mais Anahí foi conquistando seu espaço. Durante 1993 á 1995, Anahí ficou conhecida por ser garota-propaganda da marca de refrigerantes Fanta e pela linda voz onde interpretava seu tema “Te Doy Un Besito”.

Em 1995 Anahí estrelou na telenovela “Alondra”.

Em 1996 Anahí fez uma participação especial na telenovela “Hora Marcada”. Também fez uma participação especial na telenovela “Tu y Yo” onde Anahí tinha apenas 13 anos e interpretou uma menina de 17 anos. O filme “No me defiendas compadre” foi mais um de seus trabalhos no cinema como a personagem Estephania.

No mesmo ano, Anahí retoma novamente sua carreira músical com seu primeiro single “Corazón de Bombon” que acabou tornando-se um grande sucesso no México. Surpreendeu a todos com sua notável mudança, pois não havia mais nada daquela menina que apareceia no seriado “Chiquilladas”. Seu segundo álbum de estúdio chamado “¿Hoy Es Mañana?” (Hoje é Amanhã?) foi lançado no dia 16 de junho de 1996, pela gravadora Paramusica e foi comercializado somente no México. E distinta de outras cantoras iniciantes daquela época, Anahí em pouco período havia virado um grande fenômeno e seu álbum foi considerado um dos mais vendidos, vendendo aproximadamente 50.000 cópias. Seu primeiro compacto “Corazón de Bombón” tão rapidamente se tornou um dos maiores hits no México, ficando em primeiro lugar nas estações de rádios. E mais tarde Anahí lança seu segundo compacto do álbum chamado “Por Volverte a Ver”. O álbum foi cada vez mais ganhando sucesso, chegando a ser numero um nas paradas de sucessos daquele ano e em pouco tempo de lançamento se tornou o #1 lugar no México. Ao total do álbum “Hoy Es Mañana” foram lançados três compactos que são “Corazón de Bombón”, “Por Volverte a Ver” e o seu último lançamento “Descontrolándote”. Anahí também foi intérprete do tema “Mensajero Del Señor”, canção que se tornou significativa na ocasião da visita do Papa a Yucatán no México.

Em 1997 Anahí reaparece novamente nas telinhas na telenovela “Mi Pequeña Traviessa” interpretando a personagem Samantha.

Ainda em 1997 antes do lançamento oficial do seu novo álbum, Anahí se apresentou no especial “Dia del niño”, onde estreiou a nivel mundial o seu novo single “Anclado En Mi Corazón”. Em seguida, no dia 18 de abril de 1997 lançou seu terceiro álbum de inédidas também intitulado “Anclado en mi Corazón” (Ancorado Em Meu coração). O álbum foi considerado um EP por não ter tido promoções de divulgações muito menos vídeoclipes dos singles principais. O álbum foi gravado na Flórida (Estados Unidos) e produzido por Peter Honerlage e por não ter tido divugações, não alcançou todo o sucesso desejado. Do álbum, foram lançados com singles as músicas “Anclado En Mi Corazón”, “Escandalo”, “Salsa Reggae” e “Química”.

Em 1998 Anahí ganhou maior destaque em telenovelas atuando em “Vivo por Elena” com sua personagem Talita Medeiros. Seu papel teve um destaque maior na trama e diferente de seus trabalhos anteriores.

No mesmo ano realizou seu primeiro papel de antagonista de maior destaque na telenovela “El diario de Daniela” interpretando Adélia Monroy. A telenovela foi exibida um anos depois no Brasil em 2000 pela emissora SBT. No mesmo ano estrelou no filme “Tarde Azul” como Nicole.

Em 1998 já com 15 anos de idade, passou a ter aulas em casa, o que ajudou bastante para que a mesma terminasse o estudo mais cedo.

Em 1999 Anahí estrelou como protagonista no filme “Inesperado Amor” de Leopoldo Laborde, ao lado de sua ex-companheira do grupo pop RBD, Dulce María onde ela aparece mais adulta, com uma nova imagem e diferente de seus trabalhos anteriores. O filme se tornou recorde de publico naquele ano chegando a ser considerado um dos melhores filmes mexicanos da década.

Foi nesse mesmo ano que supreendeu a todos quando deu vida a Jessica Duarte na novela de Alejandro Pohlenz “Mujeres Engañadas” na qual seu pequeno papel ganhou cada vez mais destaque, tomando o lugar de destaque da atriz Michelle Vieth e fazendo com que o par romântico da novela fosse trocado, tornando-se assim Kuno Becker o par de Anahí.

Em 2000 Anahí terminou seus estudos e optou formasse em estilista de moda. E graças a sua boa atuação em “Mujeres Engañadas” Anahí ganha seu primeiro protagonico televisivo em “Primer Amor… a Mil Por Hora” interpretando Giovana Luna. A novela de Pedro Damián foi ao ar de 2000 á 2001. Em 2003 a telenovela também foi exibida no Brasil pelo SBT com a tradução chamada “Primeiro Amor… A 1000 x Hora”.

No dia 17 de julho de 2000, depois de três anos sem lançar um álbum inédito, Anahí lançou seu quarto álbum de estudio intitulado “Baby Blue” (Bebê Azul) produzido por Estefano, quem também produziu temas de grande sucesso para famosos como a cantora Paulina Rubio. O álbum foi lançado pela gravadora Fonovisa, a qual Anahí tinha assinado um contrato naquele ano. Teve como singles principais as músicas “Primer Amor”, “Es el Amor”, “Súperenamorandome”, “Desesperadamente Sola” e “Tu Amor Cayó Del Cielo”. Neste trabalho, Anahí reapareceu mais madura, com um estilo musical completamente diferente de seus anteriores. O álbum “Baby Blue” foi o primeiro a ser lançado em diversos países ao mesmo tempo, e mostrou o potencial de Anahí em sua carreira musical. O álbum também foi responsável por tornar Anahí conhecida por toda América Latina. O primeiro single, “Primer Amor” lançado em agosto, esteve na trilha sonora da novela “Primer Amor… a Mil Por Hora” e foi muito bem recebido pela crítica, quem diziam que a voz de Anahí se parecia com a voz da cantora Thalía. Anahí passou a participar frequentemente das turnês realizadas junto do elenco, com o objetivo de divulgar não só telenovela como também seu álbum “Baby Blue”. A turnê se chamava: Tour Baby Blue.

Mas chegando ao fim da telenovela “Primer Amor… a Mil Por Hora” em 2001, Anahí aparece muito fraca, embora negasse de início o diagnóstico, sai de cena cancelando todos os seus trabalhos e passa por um rigoroso tratamento, pois a mesma sofria de anorexia. Anahí garante que 70% da culpa de seu transtorno foi da imprensa, pois a jovem era muito nova e sempre diziam que era:

“Gorda, feia…!, quem tinha os dentes mais tortos do mundo. Eu os arrumei, e logo diziam que eram de cavalo, nunca estava bom! Não pude mais com a pressão. Nessa idade se é muito vulnerável, qualquer um necessita de um abraço, e eu fui por água abaixo.”

Atualmente Anahí encontrasse bem e recuperada e hoje tem uma fundação chamada “Si yo Puedo tu Tambien” que ajuda jovens e adultos de todas as idades em todo o mundo que sofrem de distúrbios alimentares como anorexia e bulimia.

Após dois anos de tratamento em 2003 Anahí volta para as telinhas como antagonista na telenovela “Clase 406″ interpretando a malvada Jessica Riquelme onde atuou ao lado de Alfonso Herrera, Christian Chávez e Dulce María. No mesmo período se exibia no Brasil a telenovela “Primer Amor… A Mil Por Hora” e por diversas vezes Anahí fazia entrevistas para programas da emissora SBT. Anahí também participou da trilha sonora da telenovela “Clase 406″ que estreou em #37 na Billboard Hot 100 vendendo mais de 30 mil cópias somente no México.

Mas foi em 2004 que Anahí teve um grande sucesso e maior destaque em todo o mundo, quando estrelou na telenovela “Rebelde”, interpretando a protagonista Mia Colucci, uma garota popular de família rica. A telenovela “Rebelde” foi um remake de “Rebelde Way”, versão original escrita pela argentina Carla Estrada. A telenovela recebeu boas críticas, principalmente por ter chegado á altura das expectativas, sendo considerada um sucesso mundial, oteve mais sucesso do que a própria versão original. O sucesso da telenovela cruzou fronteiras, chegando a ser transmitida em toda América, em países europeus como Espanha e Alemanha, países do Oriente, e no Brasil onde foi o maior fenômeno na época. Anahí chegou a ser nomeada no Troféu Imprensa pela sua atuação na telenovela “Rebelde”. A telenovela teve seu fim em 2006 mas dela se originou a banda que teve continuidade por mais 5 anos de muito sucesso em todo o mundo, o famoso sexteto pop RBD. Anahí ganhou fama mundial ao integrar-se no grupo pop RBD junto de Dulce María, Alfonso Herrera, Christopher Uckermann, Maite Perroni e Christian Chávez.

O grupo RBD começou sua carreira em 2004, extraído da telenovela “Rebelde” produzida pela Televisa e baseado na novela “Rebelde Way” e no grupo “Erreway” exibida de 4 de outubro de 2004 até 2 de junho de 2006, com três temporadas. Ao lado do grupo, Anahí lançou 5 álbuns de estúdio em espanhol, Rebelde (2004), Nuestro Amor (2005), Celestial (2006), Empezar Desde Cero (2007) e Para Olvidarte De Mi (2009), 3 álbuns de estúdio em português, Rebelde – Edição Brasil (2005), Nosso Amor Rebelde (2006), Celestial – Versão Brasil (2006) e um álbum em inglês, Rebels (2006). Com o passar dos anos, o RBD foi cada vez mais recebendo sucesso, se torando a banda internacional que está em #2 lugar da principal lista catalográfica do mundo da música, ficando apenas atrás da banda Beatelas que está em #1 da lista. Além disso, o RBD possui muitos fatos marcantes em todos os pontos da banda e contam com recordes mundias:

Quebraram récorde de pedidos em todas as rádios de países como França, Japão, Polônia, Itália, Estados Unidos, Canadá, China, Índia, Tailândia e Austrália com a música Tu Amor.
Superaram o número de ingressos vendidos por Madonna anualmente nos Estados Unidos, Madonna tem sua venda recorde anual de 291 mil ingressos. Mas em apenas 1 ano o RBD vendeu 340 mil ingressos apenas nos Estados Unidos, e hoje é a banda que mais vendeu em pouco tempo na história da música Americana.
Quebraram o récorde da banda Rolling Stones em número de fãs que mais lotaram o estádio Coliseum nos Estados Unidos.
Quebraram récorde na Romênia da banda Green Day, em número de CDs vendidos.
Ganharam a maior premiação da Russia, como a melhor banda estrangeira do ano de 2008.
Quebram récorde no Brasil com o maior número de CDs vendidos entre 2004 e 2008, contabilizando 2.500.000 CDs vendidos em apenas 4 anos, número que até hoje nenhuma banda conseguiu superar.
Ganharam o prêmio “Tu Mundo”, dado apenas as bandas que superam mais de 7 récordes Mundias.
Até hoje o RBD é a banda que mais ganhou certificados de Diamente, Ouro e Prata por seus récordes de venda de seus 6 principais álbuns.


Em 5 anos de existência (2004 — 2009) Anahí junto do grupo RBD, se apresentaram por todo o mundo com grande êxito, viajou em apenas 5 anos por mais de 23 países e 116 cidades, vendendo mais de 50 milhões de álbuns, cerca de 15 milhões de singles digitais e 4,5 milhões de DVDs tornando-se um sucesso mundial.

Em 2005 Anahí opera a garganta, pois havia possibilidades de perder a voz ao decorrer dos anos.

Em 2006 os direitos do seu álbum anterior “Baby Blue” foram adquiridos pela gravadora Universal Music quem assinou contrato na epoca e o relançou em junho de 2006 a nivel mundial sob o titulo de “Una rebelde en solitario”. No mesmo período estava no grupo RBD. O álbum “Una Rebelde en Solitario” vendeu mais de 700 mil cópias no México e mais de 1 milhão de cópias no mundo inteiro, sendo considerado o álbum de maior sucesso na carreira da cantora.

No mesmo ano Anahí lançou sua própria linha de roupas chamada Anahí World que foi inaugurada no México. A cantora já tem interesse de expandir a linha pelo mundo todo. E ainda em 2006, Anahí assinou um contrato com a marca de coméstico Herbal.

Em 2007 foi distribuido pela Mattel um boneca barbie com a imagem de Anahí. Neste mesmo ano Anahí realizou pequenas participações na telenovela “Lola…Érase una vez!” e “Skimo”. Estrelou no seriado “RBD: La Familia” onde interpretava Annie. A série foi baseada na vida dos membros do RBD, onde se destinava a ser semelhante ás personalidades dos atores na vida real.

Em 2008 ainda no grupo RBD, Anahí fez novamente uma estréia solo no dueto realizado com o cantor Tiziano Ferro e Dulce María com a canção “El Regalo Más Grande”, que alcançou o #2º lugar na parada italiana. A musica fez parte do álbum de Tiziano Ferro.

Porém, em agosto de 2008, Anahí e RBD comunicaram mundialmente o fim do grupo e o início de uma turnê de despedida “Tour Del Adios” (Turnê Do Adeus), que foi concluída em dezembro de 2008, em Madrid, capital da Espanha.

No dia 22 de janeiro de 2009, o vídeoclip que foi gravado na italia, “El Regalo Más Grande”, foi liberado e inicialmente foi transmitido pelo canal Fox Life.

No mesmo ano Anahí foi garota-propaganda da marca Asepxia (cosméticos) ao lado de Maite Perroni.

Anahí assinou um contrato de exclusividade com a Capitol Records em parecia com a gravadora EMI Music para o lançamento de seu quinto álbum de inéditas e sua estréia como cantora solo. Ainda que não tenha dado detalhes sobre o contrato, Anahí dizia estar muito feliz:

“Sei que isso é o princípio de um caminho mágico que juntos hoje começaremos a recorrer” expressou em um comunicado de imprensa.

Ainda em 2009 o produtor Pedro Damián ofereceu a Anahí o papel principal na telenovela “Verano de Amor”, mas a mesma recusou para se dedicar em sua carreira musical deixando o protagônico para Dulce Maria.

Também vieram outros papeis, dessa vez na telenovela de Carla Estrada, “Sortilegio”, onde Anahí foi convidada para protagonizar a trama ao lado do ator William Levy, mas a mesma recusou o convite pois declarou que era uma história de cenas muito fortes das quais ela não estava acustumada a atuar.

No dia 16 de julho de 2009 depois da separação do grupo RBD, Anahí voltou aos palcos para fazer mais um marco em sua carreira, mas dessa vez como cantora solo, na cerimônia de premiação dos Premios Juventud, realizado em Miami na Flórida. Anahí estreou em uma excelente performance seu primeiro single mundialmente que leva o mesmo titulo de seu quinto álbum “Mi Delirio”. A critica recebeu muito bem o seu 1° single e sua performance de encerramento da cerimônia. A revista People comentou sobre sua apresentação nos Prêmios Juventud:

“Com uma coreorafia muito hot e um estilo musical que nenhum outro cantor latino havia explorado, Anahí fechou com broche de ouro a noite, demonstrando que como ex-RBD, tem o sucesso asegurado”.

No dia 7 de agosto, Anahí iniciou um Pocket Show de divulgação com apenas 7 shows no Brasil e passando pelos estados de São Paulo, Rio De Janeiro, Fortaleza, Recife, Porto Alegre, Belo Horizonte e Salvador.

No dia 25 de agosto de 2009, Anahí lançou seu single digitalizado “Mi Delirio”, quase três meses antes do lançamento do álbum, que traria uma sonoridade totalmente diferente dos trabalhos anteriores da cantora, tanto na carreira solo como em sua carreira com RBD. O single chegou na #1 posição no site de downloads mais conhecido em todo o mundo, Itunes, vendendo muito apenas na primeira semana de lançamento.

No dia 30 de agosto Anahí anuncia via twitter, que está preparando seu novo videoclip.

“Começando o dia com muitas idéias para meu primeiro vídeo!”.

No dia 27 de agosto, Anahí realizou uma palestra em Monterrey, onde a mesma falava sobre os problemas passados, que precisou ficar três anos longe de qualquer meio artístico.

No dia 2 de novembro, Anahí desembarcou novamente ao Brasil para dar ínicio sua nova turnê. Concedeu uma entrevista a um dos maiores entrevistadores do Brasil, Jô Soares no “Programa do Jô” transmitido pela Rede Globo. No dia seguinte, Anahí deu inicio a sua turnê mundial chamada “Mi Delírio World Tour”, iniciando o primeiro show no estado de São Paulo, realizando no total dois shows no estado. Logo em seguida no dia 05 e 06 no Rio de Janeiro e dia 07 finalizando em Fortaleza. Partes do valores arrecadados pelos ingressos foram doados a uma associação para o tratamento de jovens com distúrbios de alimentação no México.

Em seu primeiro show no Rio de Janeiro no dia 05 de Novembro, foram circuladas na Internet todas as faixas do novo álbum da estrela, previsto para ser lançado mundialmente dia 24 de Novembro.

Foi no dia 18 de novembro de 2009 que seu videoclip oficial “Mi Delirio” estreou a nivel mundial e publicado pela própria cantora em seu canal oficial no site YouTube. No vídeo, Anahí aparece semi nua, com um visual ousado, sexy e provocativo, completamente diferente de seus trabalhos anteriores. Após alguns dias, o vídeo foi censurado pelo site, causando muita polêmica em todo o mundo. Foi notícia em diversos meios de comunicação por mais de uma semana. A cantora então declarou que estranhou o fato da censura acontecer a partir da internet, onde qualquer pessoa pode dizer que tem 18 anos e acessar o vídeo. Disse também que:

“Sinceramente, já vi vídeos bem mais fortes em programas de tevê, exibidos às sete da noite”.

Na edição passada de Los Premios MTV o VMA da MTV Latina, realizado no dia 15 de novembro de 2009 , Anahí apresentou um prêmio ao lado do rapper americano Snoop Dogg, e declarou que poderia ocorrer uma parceria entre eles em 2010.

No dia 24 de novembro de 2009, seu quinto álbum de estudio “Mi Delirio”, foi lançado mundialmente e recebeu ótimas criticas por parte da imprensa. O álbum alcançou o #4 lugar na lista de Latin Albuns e o #2 lugar na lista de Latin Pop Albuns da Billboard, vendendo mais de 300 mil cópias em todo o mundo. O álbum que foi gravado em Los Angeles, 80% dele foi produzido por Armando Ávila, e com músicas escritas por grandes compositores incluindo Anahí. Com um ritmo completamente pop e com batidas eletrônicas, o álbum contém apenas algumas músicas lentas. Das 11 faixas, as que se destacam são: “Mi Delirio”, “Me Hipnotizas”, (escrita pela cantora Mexicana Gloria Trevi), “El Me Mentió” (cover da cantora Amanda Miguel), “Te Puedo Escuchar”, “Para Qué”, “Hasta Que Me Conociste”, entre outras.

Em Janeiro de 2010 foi divulgado alguns rumores de que grupo de enfermeiros e psicólogos se juntaram para processar e tirar de veiculação o videoclipe “Mi Delirio” de Anahí, pois para eles o vídeo tentou ofender a doentes mentais.

Graças ao tão polêmico vídeoclip “Mi Delirio”, Anahí foi a única cantora Latina a debutar em canais como, MTV Austrália, MTV Hungria, MTV Eslovênia, MTV Portugal, MTV França, MTV Brasil (em primeiro lugar), MTV México, MTV África e MTV Nova Zelândia. Também em canais brasileiros como Hot Ranking HTV, TVZ Multishow entre muitos outros.

No dia 23 de fevereiro, Anahí se apresentou no Festival Internacional Viña del Mar no Chile e chamou atenção do mundo inteiro pela exótica performance realizada com a canção “Él Me Mintió”. Dias depois, Anahí recebeu diversas críticas negativas por parte da imprensa. Anahí usava um vestido de noiva sexy, com vel e facas encravadas nas costas. Os críticos afirmavam ser cópia de Lady Gaga durante sua performance no VMA 2008. A crítica estampou revistas e páginas da internet durante um grande período. Mas tarde, em seu show realizado como parte de sua turnê promocional no Teatro Metrpolitan localizado no México, antes de apresentar novamente a canção “Él Me Mintió” Anahí exibiu em telões todas as críticas que recebeu pela performance no passado Festival Viña Del Mar, fazendo com que o mundo parasse para vê-la. Meses mais tarde, Anahí explicou que tudo foi um complot por parte do apresentador, que tentou colocar o público contra ela.

“Todos os anos em Viña acontece isso com um artista e desta vez fui eu. Em nenhum momento o público me tratou mal. Ao contrário, me deram seu amor incondicional. O que aconteceu foi que o apresentador começou a falar mal do meu show, e claro, todo mundo ecoou as informações expressas por este senhor. Me dói o que aconteceu, mas estou tranquila porque sei que Deus está comigo e por mais que queiram me ver derrotada, tenho o amor agora e sempre dos meus fãs que me seguem por toda parte.”

“Eu aproveitei bastante, saí para desfrutar a cidade e nunca me senti incomodada com o que aconteceu. Os tablóides inventam mil mentiras para me desprestigiar, mas não poderão me machucar mais.” Declarou para imprensa.


Ainda no Chile, Anahí vivenciou o Terremoto 8,8 graus na escala Richter, que desvastou o país e deixou, mais de 900 pessoas mortas. Depois do ocorrido, desembarcou no México para continuar a promover seu álbum “Mi Delrio” e declarou que todo o dinheiro arrecadado dos shows pelo país, seria doado as vitimas do Terremoto no Chile.

Anahí já viajou por diversos países para promover seu quinto álbum de estúdio “Mi Delirio”, realizando inúmeras tardes de autógrafos e dando continuidade em sua turnê promocional, “Mi Delírio World Tour”. A cantora já visitou diversos países entre eles Brasil, Argentina, México, Estados Unidos, Colômbia, Venezuela, Paraguai, Uruguai, Bolívia, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Costa Rica, Panamá, Perú, Equador, Chile, Romênia, Eslovênia, Croácia, Montenegro, Polônia, Sérvia, Espanha, República Dominicana, Porto Rico, entre outros.

Ainda no mês de Fevereiro, Anahí declarou a nivel mundial que seu segundo single seria “Me Hipnotizas” uma canção escrita pela cantora Mexicana Gloria Trevi e produzida por Armando Ávila. Também declarou que lançaria um single promocional apenas para a espanha, o hit “Quiero”.

Em entrevista para a revista Billboard Brasil, Anahí prometeu voltar para o país em agosto de 2010, além de gravar uma versão em português da canção “Hasta Que Llegues Tu”.

No dia 09 de Maio, depois de ser divulgada a lista oficial, Anahí foi declarada a mais indicada nas categorias da premiação dos Premios Juventud 2010 totalizando 9 nomeações. Anahí foi indicada ao lado de grandes artistas como Thalía, Shakira, Ricky Marin, entre outros.

No dia 26 de maio de 2010 Anahí divulgou mundialmente o vídeoclip do hit “Quiero” que foi declarado single apenas na espanha. “Quiero” subiu para a 1° posição nos charts daquele país, algumas rádios elegeram-a como Música do Verão devido ao seu grande sucesso.

O vídeo foi filmado em Los Angeles (Estados Unidos) e dirigido pelo mexicano Ricardo Moreno junto de uma idéia da própria Anahí e Guillermo Rosas (seu empresário), com coreografia do americano Robert Rich e animação realizada na Espanha e Filipinas. “Quiero” é uma música composta por Alejandro Landa e Fernando Montesinos e produzida por Armando Ávila.

No dia 27 de maio o famoso cantor Porto-riquenho de Reggaeton, Daddy Yankee, comunicou em um chat com fãs que pretende fazer um dueto com Anahí e que já havia enviado há alguns meses um demo de uma música para a gravadora, e está apenas esperando a confirmação.

No dia 01 de junho de 2010 as MTV3 (Estados Unidos), MTV Central (Engloba vários paises), MTV Mexico além de várias outras cadeias televisivas, lançam a nivel mundial o vídeoclip “Me Hipnotizas” que foi filmado em Los Angeles (Estados Unidos).

A música se tornou rapidamente hit em países como Bolívia, México, entre outros. “Me Hipnotizas” debutou na 1° Posição do TOP 10 MTV, além de estar entre as 20 músicas mais tocadas nas rádios mexicanas e argentinas, e mais uma vez mostrando o potencial de Anahí nessa nova fase de sua carreira.

Em junho de 2010 seu empresário e toda sua equipe, divulga via twitter a presença de Anahí em outubro de 2010 (não em agosto como havia dito em uma entrevista para a revista Billboard) para relizar novas apresentações com a “Mi Delirio Tour Reloaded” que passará por Brasilia no dia 08 de outubro (apenas para um jantar beneficiente), São Paulo no dia 09 de outubro (estado escolhido para a gravação de um DVD da turnê) e no dia 10 de outubro no Rio de Janeiro onde os dois últimos estados contam com um Meet & Greet.

No dia 22 de junho, Anahí começa a compor uma nova canção ao lado do cantor Noel Schajris ex-membro do Grupo Sin Bandera , quem já havia dito via Twitter que iria compor uma música para Anahí.

No dia 29 de junho Anahí e Paulo Coelho declararam via Twiter estarem envolvidos em um novo projeto. Para o lançamento de seu novo livro, “O Aleph”, Anahí escreveu uma canção especialmente para Paulo Coelho quem já declarou ser fanática pelo escritor. Anahí já esteve em estúdio para a gravação da nova música.

Atualmente Anahí é a nova garota-propaganda da coleção Outono/Inverno do Catálogo da Linha de roupas Mundo Terra Store e apresentou o Kids Choice Awards de 2010, na qual concorreu a 3 categorias onde ganhou duas delas, “Look Favorito” e “Artista ou banda favorita“ além de estrear sua nova música "Alérgico".


Com uma ampla carreira, Anahí já realizou mais de 200 comerciais televisivos, 8 filmes, 18 telenovelas, lançou 5 álbuns de estúdio solo, 6 álbuns de estúdio com RBD, vendeu mais de 2 milhões de cópias no mundo, 50 milhões com o RBD, 17 singles, etc. Hoje Anahí é uma das figuras latinas mais importantes e poderosas do mundo.

» Fonte ● meadd.com/anahipuente. Editado por mim, caso queira o texto acima favor pegar somente o link da notícia, seja honesto consigo mesmo e mostre que você é capaz de criar e valorizar o trabalho das pessoas ! Obrigado. @michel_souza

Créditos Gerais ao Oh-Anahí por suas informações.

›› Menu Interativo...